MENU

Cuidados a ter com a sua Página


Marcas e Empresas podem criar uma página no Facebook (https://www.facebook.com/pages/) de forma gratuita, devendo apenas respeitar um conjunto de regras definidas pelo Facebook. Veja as regras aqui.

A primeira coisa a ter em conta é que uma página não é o mesmo que um perfil pessoal, existem diversas diferenças entre uma página e um perfil. É importante saber que perfis são apenas para pessoas. Se você tem uma empresa, ou representa uma marca, deve criar uma página. Uma pesquisa rápida no Facebook permite-nos confirmar que esta regra que nem sempre é seguida por muitas empresas, pois muitas delas apresentam-se com perfis em vez de páginas. Aqui ficam alguns conselhos práticos para criar a sua página:

1. Crie a página associando-lhe um perfil verdadeiro

A página criada deve estar associada a um perfil de uma pessoa real. Isto nem sempre acontece. Muitos utilizadores criam perfis falsos para criarem uma página. Isto poderá causar alguns problemas no futuro, podendo mesmo levar a eliminação da página. Para além disso, é aconselhável que tenha pelo menos dois administradores (perfis verdadeiros) na página, para que na eventualidade de o acesso através de um dos perfis ficar bloqueado, ou não funcionar, ter sempre uma outra opção.

2. Escolha um URL Personalizado

Uma vez que tenha criado a sua página, é fundamental que modifique a mesma para dar um aspeto profissional. Em primeiro lugar, escolha um URL personalizado. Dessa forma, o URL da sua página terá um aspecto amigável e fácil de lembrar como https://www.facebook.com/facestore.pt em vez de algo como facebook.com/pages/Facestore/3453464500391712.

Por outro lado, completar a informação da página é vital, principalmente depois do lançamento do novo motor de pesquisa do Facebook. O ideal é completar todos os campos, os mais importantes são:

  • Breve Descrição: é uma descrição breve que aparecerá como padrão na sua loja. Assegure-se que ao visitar a sua página a descrição não se veja cortada.
  • Descrição Longa: aqui pode contar com mais detalhes sobre o que você faz e as características únicas da sua marca.
  • WebSite: Coloque o link para o seu website.
  • Se você possui uma loja física ou um estabelecimento, complete com endereço e telefone para aumentar a confiança.
    Ao completar essa informação, não utilize uma linguagem extremamente formal. A comunicação informal é mais efetiva no Facebook.

Por último, não se esqueça de personalizar as abas ou os aplicativos da sua página. Os aplicativos são os 4 retângulos que observará no cabeçalho, logo a direita da breve descrição da página. Como padrão, o Facebook mostra somente dois aplicativos: as fotos e a quantidade de “Gostos”. É possível personalizar esses aplicativos como desejar: adicionando novos aplicativos, retirando os existentes e até mudar a imagem, que deve possuir 111×74 pixels.

3. Insira uma capa e um logótipo

Todas as marcas devem procurar estreitar o relacionamento com os seus consumidores e o Facebook oferece gratuitamente uma janela com 851x 315 pixéis onde pode ser inserida uma capa que simbolize o universo da marca. Mas atenção que existem regras para a criação desta capa que não deverá incluir: conteúdo comercial, pedidos para cliques, contactos, ou qualquer palavra associada ao Facebook, como “goste” ou “partilhe”.  Deve ter no máximo 20% do seu espaço ocupado com texto. Existem algumas ferramentas como esta: http://coverphoto.paavo.ch/ que verificam se este rácio está a ser cumprido pela sua capa.  Utilize também a área disponivel para a imagem (190 x 190 pixéis), para incluir o logótipo da sua marca.

4. Publique conteúdo relevante no momento certo.

Uma vez que tenha a sua página completa e com um aspeto profissional, deverá partilhar conteúdo relevante.
Lembre-se que quando partilhar qualquer conteúdo, os seus fãs receberão esse conteúdo diretamente nos seus murais (News Feed), da mesma forma que recebem as publicações dos seus amigos. No entanto, é importante notar que o Facebook não vai mostrar todas as suas publicações aos seus fãs. O que determina se a sua publicação é mostrada ou não é determinado por um algoritimo chamado Edgerank, o qual utiliza múltiplos fatores para decidir mostrar a sua publicação ou não:

  • Afinidade: se um utilizador interage frequentemente com os conteúdos na sua página, então é mais provável que Facebook mostre, a esse utilizador, as suas publicações. Por interação entende-se dar “ Gosto”, comentar, partilhar, etc.
  • Tipo de Conteúdo: o Facebook observou que certo tipo de conteúdo gera mais interação, e os mostra com maior frequência. As fotos, vídeos e links aparecem mais que uma simples publicação de texto.
  • Antiguidade: quanto mais recente seja a sua publicação, é mais provável que a mesma apareça. Procure sempre partilhar as novidades mais importantes nos horários em que os seus fãs interajam mais com as suas publicações. Existe, estudos sobre quais são os melhores dias para publicar, de acordo com cada indústria. Por exemplo, para moda e vestuário as quintas-feiras e sábados são os dias mais efetivos, ao contrário de tecnologia, onde Segunda e Terça-Feira funcionam melhor.

Por último, evite o SPAM. O Facebook está atento ao SPAM e tem algoritmos que verificam se os seus posts geram valor para os seus fãs. Publicar conteúdo sem interesse acabará por penalizá-lo e sendo assim, o melhor é evitá-lo. Evite também estar continuadamente a colocar posts apenas com propostas comerciais, ou promoções aos seus produtos, afinal, as redes sociais são, na sua origem, espaços de socialização e ninguém gosta de estar repetidamente a receber ofertas comerciais.

JUNTE-SE À REINVENÇÃO DO E-COMMERCE

CRIE JÁ A SUA LOJA ONLINE

Deverá colocar um email válido.
Este email de registo já existe.
Teste gratuitamente por 14 dias. Sem riscos ou necessidade de cartão de crédito.